Carta ao Professor Manoel Girão

Manoel

Que período incrível esse que passamos, como foi duro enfrentarmos uma pandemia, mas com foi bom termos um líder como você. Todos sabiam que você era um professor dedicado, um empreendedor incansável, um médico muito trabalhador e adorado pelas pacientes, um marido amoroso, um pai e filho presente, um colega leal; e eu agora pude conhecer o paciente lutador, obstinado, que não desiste fácil, que despertou no meio da tempestade metabólica, para se despedir da família e dar um lindo e apaixonado sorriso para a amada Sineida, esse dia foi emocionante.

Mas o que nem todos sabiam e eu aprendi com você nesse período, é que líderes verdadeiros não se escondem, correm riscos, mostram a sua cara e estão sempre do lado dos que mais precisam. Que campanha fantástica “o meu general” liderou, seja na organização do Hospital São Paulo, seja na nova formatação da EPM, seja na busca de doações, seja no Voluntariado, seja no Projeto Semear, nada foi esquecido.

Quem vive intensamente como você não será derrubado, seu exemplo ficará para sempre; as pessoas das comunidades pobres que venceram e sobreviveram, estarão no futuro produzindo e vivendo o que o seu trabalho proporcionou, sempre focado em um país melhor e mais justo. As inúmeras mensagens postadas reverenciando a sua vida e o seu trabalho, mostram que a EPM não deixará o seu sonho acabar!

Não me despeço, idealistas não morrem, ideais ficam, exemplos permanecem. Imagino as crianças que ainda nem nasceram ouvindo as histórias sobre um Diretor da EPM incansável, que estimulou, criou condições até para moradores de rua fazerem um lindo mosaico; sabe aonde na praça em frente da diretoria, na praça do TraCaTrá, que hoje batizarmos, com muito orgulho, de Praça Manoel João Batista Castello Girão.

Exemplos são eternos, muito obrigado por tudo!

Prof. Dr. João Aléssio